Dicas de como superar o divórcio

Dicas de como superar o divórcio

Dicas de como superar o divórcioComo a relação chegou ao fim, é importante que você feche o ciclo para visualizar esse término. Para isso, você pode fazer pequenas coisas como: se livrar da sua aliança, se livrar da certidão de casamento e devolver todos os pertences ao ex. Ninguém gosta de passar por crises, claro, mas quando ela aparece, devemos tentar tirar algo positivo da situação. A estratégia ideal para lidar com o divórcio pode variar muito e depende do motivo que o ocasionou, mas vale adaptar as sugestões a seguir ao que funcionar melhor para você.

Coloque um basta, mas sem tentar arrancar explicações

O casamento acabou porque não há mais afeto e ponto final. Discutir sobre os motivos que levaram a separação só torna a situação mais difícil e dolorosa. Quanto mais cedo você dissolver o vínculo, melhor. Trazer à tona a discussão da culpa prejudica a convivência e, se há filhos na história, eles serão devastados emocionalmente.

Respeite os seus sentimentos

Não se sinta culpada por passar por fases de tristeza, raiva e frustração, mesmo que o seu casamento tenha terminado de uma forma pacífica. Valorize as suas emoções para conseguir lidar com elas. Saiba reconhecer os seus limites e não adie a procura por ajuda profissional se a situação pedir.

Recupere sua autoestima

A separação está associada ao sentimento de rejeição ou a mulher simplesmente se acomodou ao longo dos anos deixando de cuidar de si para dedicar-se a família. Procure vestir-se melhor, cuidar da pele e do cabelo, cuidar da sua saúde. Procure fazer uma atividade física. Mas lembre-se, faça tudo com bom senso, dentro de sua condição financeira.

Cuide da mente para ter paz de espírito

No meio dessa tempestade emocional é importante você encontrar uma atividade que lhe traga tranquilidade interior. Artes, ioga, meditação ou um culto religioso são boas alternativas. Faça atividades que lhe proporcionem bem-estar: desde uma boa leitura até uma viagem para relaxar. Escolha a que mais lhe agrada.

Jamais fale mal do pai para as crianças

Por mais que tenha sido dolorida e até injusta a separação, o problema cabe ao casal. Não existe divórcio entre pais e filhos. Usar as crianças para atacar o ex é um erro grave. Lembre-se de que os filhos também estão sofrendo e precisam de muita compreensão. Filhos de pais separados podem ser tão bem ajustados quanto aqueles que vivem em famílias intactas, mas desde que convivam de maneira saudável com os dois.

Reconstrua sua vida

Que tal retomar projetos que ficaram para trás há anos, interesses abandonados por falta de tempo etc.?  Mantenha o pensamento positivo nessa hora e procure a ajuda de seus amigos e familiares. Sentir-se parte de um grupo ajuda a preencher o vazio imediato deixado pelo fim da relação.

Faça amizade com gente solteira

Nada de se sentir frustrada com o papo das amigas casadas e felizes com a relação. Conquiste novas amigas mais familiarizadas com sua situação atual. Recicle o papo.

Faça programas de gente solteira

Independentemente da idade, você tem todo o direito de sair para dançar e paquerar com suas novas amigas solteiras.

Não saia correndo atrás de outro marido

Para quem viveu anos dividindo as tarefas do lar pode parecer, num primeiro momento, que a felicidade só será alcançada depois que um novo homem entrar em sua vida. Mas saiba que você só estará pronta para outro relacionamento depois que estiver estabilizada emocionalmente. E, para isso, precisa de um tempo sozinha para que as feridas cicatrizem.

, ,

No comments yet.

Deixe uma resposta

Qual a resposta? *